Notícias

AUMENTO DO TEMPO EM FRENTE ÀS TELAS PROVOCA PROBLEMAS DE VISÃO

De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, estima-se que cerca de 90%  das pessoas que usam computadores por mais de três horas apresentam algum dos sintomas da  Síndrome Visual Relacionada a Computadores (SVRC).

Robson Valentim

Vista cansada, sensação de corpo estranho nos olhos, ardência, dor , irritação, vermelhidão, ressecamento e visão turva. Todos esses sintomas estão relacionados com uma patologia já detectada pelos oftalmologistas há algum tempo, mas que vem se acentuando com a pandemia e o uso cada vez maior de tablets, computadores e smartphones. Trata-se da  Síndrome Visual Relacionada a Computadores (SVRC). 

Medidas de restrição à pandemia como o distanciamento social, uso de máscaras, isolamento, aulas remotas e o  home office aumentaram assustadoramente o tempo de tela tanto para adultos quanto para as crianças, contribuindo para o avanço da doença. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, estima-se que cerca de 90%  das pessoas que usam computadores por mais de três horas apresentam algum dos sintomas da  SVRC.  


Cerca de 90%  das pessoas que usam computadores por mais de três horas apresentam algum dos sintomas da  SVRC.

Ainda de acordo com a SBO, normalmente o ser humano pisca 10 a 15 vezes por minuto, número que se reduz em até 60% quando estamos à frente das telas de computadores, tablets ou smartphones. Tal comportamento, resulta no cansaço visual que tem como causa principal o ressecamento ocular ou  síndrome do olho seco.

A diminuição do piscar, associada a condições ambientais como uso de ventiladores, ar condicionado, o fumo, uso de medicamentos diuréticos e baixa ingestão de líquidos podem agravar, e muito, a SVRC.

Ao utilizar computadores, tablets ou smartphones a Sociedade Brasileira de Oftalmologia recomenda, se possível, que pequenas pausas de 5 a 10 minutos sejam feitas a cada hora. Em caso de uso prolongado em turnos de 4 horas no computador, smartphone ou tablet, para evitar maior desconforto visual é recomendado o uso de colírio hidratante (sem cortisona) de 2 a 4 vezes ao dia. 

Para quem usa lente de contato, a SBO recomenda que , no período de isolamento, se possível, abandone as lentes e use os óculos. Na impossibilidade da substituição temporária, ter o cuidado de lavar as mãos antes de colocar ou retirar as lentes, lembrando sempre que não se pode usar álcool em gel para evitar o risco de o produto cair no olho e causar irritação. Lave o estojo que guarda as lentes com água e sabão. Guarde as lentes na solução de esterilização lembrando de trocar essa solução diariamente. 




Serviços

Nenhum post foi encontrado!

Gerencie seus Widgets pelo painel administrativo do Wordpress.