Notícias

OS CUIDADOS COM A PELE NO VERÃO

No Brasil, o câncer de pele é mais comum entre todos os tipos de câncer, com 180 mil novos casos diagnosticados todos os anos, segundo o Instituto Nacional do Câncer – INCA.

Robson Valentim

A pele é o maior órgão do corpo humano. Ela protege nosso corpo de bactérias, fungos, produtos químicos e até de fatores ambientais externos como o sol. Essa proteção vem das camadas da pele, da secreção de sebo e do suor que formam uma verdadeira barreira protetora contra diversos fatores externos que possam agredir a pele. Mesmo com toda essa proteção, devemos tomar alguns cuidados com a nossa pele nesse verão, tendo em vista as características de absorção e permeabilidade desse organismo tão importante.

E motivos não faltam. No Brasil, o câncer de pele é mais comum entre todos os tipos de câncer com 180 mil novos casos diagnosticados todos os anos, segundo o Instituto Nacional do Câncer – INCA.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, com o verão e o calor intenso, devemos usar roupas de algodão, chapéus e bonés, pois eles bloqueiam a maior parte da radiação UV. Roupas de tecidos sintéticos como nylon, por exemplo, bloqueiam apenas 30%. Devido às mudanças climáticas, a máxima de evitar a exposição solar entre 10h da manhã e 16h continua valendo, agora mais do que nunca.
Óculos de sol de boa qualidade não podem ser esquecidos. Eles previnem cataratas e outras lesões nos olhos.

No verão, o uso do protetor solar deve ser intensificado.

Ainda de acordo com SBD, no verão o uso do filtro solar deve ser intensificado. O produto deve ser aplicado meia hora antes da exposição ao sol, para que possa ser absorvido pela pele e reaplicado a cada duas horas. E atenção! Esse tempo deve ser diminuído se a pessoa transpira excessivamente ou se entrar na água. A aplicação deve ser feita de forma uniforme em todas as partes do corpo, incluindo mãos, orelhas, nuca e os pés.

O uso do filtro solar em crianças tem início aos seis meses de idade com a indicação do fator de proteção indicado à sensibilidade da pele do bebê. De acordo com Sociedade Brasileira de Dermatologia, é recomendado procurar um pediatra ou dermatologista que oriente qual o melhor produto para cada caso. Crianças e jovens devem criar o hábito de usar o protetor solar diariamente, independente da estação do ano.


Serviços

Nenhum post foi encontrado!

Gerencie seus Widgets pelo painel administrativo do Wordpress.