Notícias

MINAS REGISTRA SURTOS DE CORONAVÍRUS EM 12 CIDADES

Com o avanço da doença, no Brasil já são 615.870 casos confirmados com mais de 30 mil pessoas mortas. Em Minas, foram registrados 12.010 casos confirmados com 306 mortes. Surtos da doença estão sob investigação da Secretaria Estadual de Saúde em 12 cidades mineiras.

Robson Valentim

Distanciamento social, isolamento, quarentena, trabalho remoto, aulas on line. A pandemia do coronavírus trouxe para nós conceitos novos e mudou toda a nossa rotina. A forma como comercializamos produtos, como nos relacionamos e até a forma como aprendemos as coisas mudou e muito. Contudo, as notícias sobre o avanço da doença não são nada animadoras. Até o momento (05/06), dados oficiais apontam que no Brasil já são 621.877 casos confirmados com mais de 34.212 mil pessoas mortas.

Assim como no Brasil, a doença também avança no estado. Minas Gerais já tem 12.010 casos confirmados com 306 mortes. A Secretaria Estadual de Saúde informou essa semana, em coletiva, do surgimento de 14 surtos de contaminação por coronavírus, ou seja, um aumento acelerado de casos; em 12 cidades do estado, incluindo a capital mineira. São elas:

A aparência do vírus lembra uma coroa. Daí o nome corona, que também se refere a uma família de vírus respiratórios.
  • Alvarenga (um surto)
  • Barbacena (três surtos)
  • Belo Horizonte (um surto)
  • Bom Despacho (um surto)
  • Corinto (um surto)
  • Felixlândia (um surto)
  • Piranga (um surto)
  • Paracatu (um surto)
  • Serra do Salitre (um surto)
  • Timóteo (um surto)
  • Unaí (um surto)
  • Varginha (um surto)

Ainda de acordo com a secretaria, os casos estão sob investigação. Contudo, o cenário de avanço da doença chama a atenção para o comportamento preventivo da população em relação às formas de contaminação. De acordo com Ministério da Saúde, para se proteger da doença, devemos:

O álcool gel 70% atua na prevenção ao corona como desinfectante e antisépitico tanto da pele como de outras superfícies.
  • Lavar com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienizar com álcool em gel 70%.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
  • Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
    Ao tocar, lavar sempre as mãos como já indicado.
  • Manter uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
  • Evitar abraços, beijos e apertos de mãos. Adotar um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.
  • Higienizar com frequência o celular e os brinquedos das crianças.
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Manter os ambientes limpos e bem ventilados.
  • Evitar circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas. Se puder, fique em casa.
  • Se estiver doente, evitar contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e ficar em casa até melhorar.
  • Dormir bem e ter uma alimentação saudável.
  • Utilizar máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.

Serviços

Nenhum post foi encontrado!

Gerencie seus Widgets pelo painel administrativo do Wordpress.